Help

help

A noite ele vem, como um anjo, pousa ao meu lado, para apaziguar meus sentimentos irregulares que ousam transbordar.
Ele vem para que eu não me sinta claustrofóbica dentro de mim mesma, ele me salva de me afogar dentro de mim mesma.
Por que as vezes acho, acredito, que sou uma casa em chamas, um navio naufragado e me sinto presa, me sinto perdida, congelada até a fumaça da alma.
Então eu digo: Eu preciso de você, e irei precisar ainda mais a partir daqui!
Meu anjo, meu confidente, meu pássaro azul. Todas as noites e todas as manhãs. Todas as horas e todos os segundos. Até mesmo quando sou um céu negro cheio de estrelas, quando estou num abismo me jogando, acreditando poder voar, ou quando cruzo uma ponte em meio ao nevoeiro e não sei aonde estou pisando. Você está lá com sua mão forte em minha direção me segurando para que eu tenha uma direção a seguir.
E eu sou grata, pois é o único amigo que se importa, o único espírito que me guarda com amor profundo.
Eu estarei descansando em seus braços quando a manhã chegar e a tempestade tiver passado. Estarei descansando sem precisar estar sonhando.

Foto: Pinterest

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s