Lançamentos de Novembro

22854822_1477229409060874_613711240_n

Novembro vem recheado de novidades para os leitores de plantão. Nós do Estação Imaginária, preparamos um resumo e um calendário de algumas dessas novidades pra você não ficar perdido. Conheça um pouco das histórias que chegarão às livrarias neste mês.

La Belle Sauvage (O Livro das Sombras), de Philip Pullman
Lançamento: 1º de novembro

O famoso autor da série Fronteiras do Universo, Philip Pullman, está de volta e rememora o mesmo universo, mas em uma nova trilogia: O Livro das Sombras. E o primeiro romance é “La Belle Sauvage” (Editora Suma), que se passará dez anos antes dos acontecimentos da primeira série, e que focará em Lyra enquanto bebê. O próprio autor disse que queria explorar mais a vida de Lyra antes de ela chegar à Faculdade Jordan. Nessa história, o protagonista chamado Malcolm terá de enfrentar muita coisa para salvar Lyra, em uma aventura recheada de daemons e aletiômetros (entendedores entenderão) e, claro, vamos ver mais sobre o Magisterium e o Pó. #nãodápraperder #mistério

Mulheres Sem Nome, de Martha Hall Kelly
Lançamento: 3 de novembro

Romance de estreia de Martha Hall Kelly, “Mulheres Sem Nome” (Editora Intrínseca) volta aos tempos da 2ª Guerra Mundial e contará as histórias de três mulheres. Histórias que se cruzam em determinado momento. No romance, conheceremos Caroline, Kasia e Herta que tentam, em meio à guerra, tornar o mundo melhor. “Costurado por fatos históricos e personagens femininas poderosas, “Mulheres Sem Nome” é um romance extraordinário sobre a luta anônima por amor e liberdade. Um livro inspirador, que encanta e comove até a última página”.

Os Bons Amigos, de Hannah Kent
Lançamento: 3 de novembro

Mais uma obra que contará as histórias de três mulheres. Em “Os Bons Amigos” (Globo Livros), de Hannah Kent, conheceremos Nóra, Mary e Nance. A história delas se passa na Irlanda, em 1825, e gira em torna de Micheál, neto de Nóra e que não fala nem anda. O garoto é acusado pelo vilarejo em que moram pelas coisas ruins que começam a acontecer por ali. É quando chegam ao vilarejo Mary e Nance, mestre da magia dos tempos ancestrais quanto à cura de males do corpo e da alma. Em uma história envolvente e recheada de rituais, mitos e tradições, as três mulheres se unem para tentar salvar Micheál, apesar do caminho perigoso que é essa jornada.

A Sutil Arte de Ligar o F*da-se, de Mark Manson
Lançamento em 6 de novembro

Mark Manson vai tentar te fazer acordar pra vida de uma forma bem inusitada. É o que promete o livro “A Sutil Arte de Ligar o F*da-se” (Editora Íntrinseca), uma espécie de autoajuda, mas sem ser autoajuda. “Coaching, autoajuda, desenvolvimento pessoal, mentalização positiva – sem querer desprezar o valor de nada disso, a grande verdade é que às vezes nos sentimos quase sufocados diante da pressão infinita por parecermos otimistas o tempo todo. É um pecado social se deixar abater quando as coisas não vão bem. Ninguém pode fracassar simplesmente, sem aprender nada com isso. Não dá mais. É insuportável. E é aí que entra a revolucionária e sutil arte de ligar o foda-se.” (Nota de quem escreve: Eu não sou fã de autoajuda, mas confesso que fiquei curioso).

A Pérola que Rompeu a Concha, de Nadia Hashimi
Lançamento em 6 de novembro

Estamos no Talibã. Rahima e as irmãs precisam aprender a viver em meio a um governo opressor. Essa é a história de uma garota que, seguindo um costume afegão chamado bacha posh, vê um caminho e uma esperança para poder viver, algo que, como mulher, ela não podia. E ela não precisa muito para viver: são coisas simples como ir à escola ou ao mercado… ser livre! É aí que a menina descobre que sua trisavó Shekiba tomou o mesmo caminho que ela, um século antes dela. ““A Pérola que Rompeu a Concha” (Editora Arqueiro) entrelaça as histórias dessas duas mulheres extraordinárias que, apesar de separadas pelo tempo e pela distância, compartilham a coragem e vão em busca dos mesmos sonhos. Uma comovente narrativa sobre impotência, destino e a busca pela liberdade de controlar os próprios caminhos”.

O Homem mais Feliz da História, Augusto Cury
Lançamento em 6 de novembro

Mais uma obra do consagrado autor Augusto Cury chega em novembro. É “O Homem mais Feliz da História” (Editora Sextante), em que vamos conhecer Marco Polo, psiquiatra e ateu que realiza um estudo polêmico: a mente de Jesus sob o ângulo da ciência. O romance gira em torno de um discurso de Jesus chamado de Sermão da Montanha. A questão é que Marco Polo terá de enfrentar forças ocultas que tentarão silenciá-lo enquanto busca desvendas os misteriosos códigos da felicidade contidos no discurso do Mestre dos Mestres. “O homem mais feliz da história é a continuação da saga que começou com O homem mais inteligente da história, mas os livros podem ser lidos separadamente, sem nenhum prejuízo para o leitor”.

Achados e Perdidos da História: Escravos, Leandro Narloch
Lançamento em 6 de novembro

Outro livro da nossa terrinha também será lançado em novembro. Leandro Narloch vai falar em cerca de 200 páginas sobre os “Achados e Perdidos da História: Escravos” (Editora Sextante). O autor vai percorrer os mais de 300 anos da escravidão no Brasil e vai contar diversas histórias surpreendentes a partir da biografia de escravos. “Ao revirar este baú de achados e perdidos, o leitor chegará à conclusão de que não houve só uma escravidão no Brasil. Mas várias, de diversos tipos e cenários, com um grau de complexidade muito maior do que imaginávamos”.

Fome, Roxane Gay
Lançamento em 11 de novembro

Para quem gosta de autobiografia, “Fome – Uma autobiografia do (meu) corpo” (Globo Livros) é o livro certo. Roxane Gay vai contar nessa obra como ela encontrou uma forma de “alívio”, por conta de um abuso que sofreu aos doze anos, no ato de comer compulsivamente. E o que dá para garantir é que é um relato cheio de ousadia e dor, e que com certeza vai mexer com as nossas vidas. “Esta não é uma narrativa bem-sucedida de perda de peso. E este também não é um livro que Roxane gostaria de escrever. Entretanto, é uma história que precisa ser contada”.

Tipos Incomuns (Algumas Histórias), Tom Hanks
Lançamento em 13 de novembro

O famoso ator Tom Hanks, conhecido por seus papéis dando vida a Robert Langdon, vai se aventurar em sua primeira obra ficcional em “Tipos Incomuns (algumas histórias)” (Editora Arqueiro). Vamos conhecer diversas histórias, em diversos contos, em que uma máquina de escrever desempenha um papel importante da vida dessas pessoas e suas histórias. “Conhecido por sua sensibilidade como ator, Hanks traz essa característica para sua escrita. Ora extravagante, ora comovente, ocasionalmente melancólico, Tipos incomuns deleitará e surpreenderá seus milhões de fãs”.

Chronos: Viajantes do Tempo (Volume 1) – Rysa Walker
Lançamento em 16 de novembro

A caveirinha (Editoria DarkSide) vai lançar o livro “Chronos: Viajantes do Tempo”. É o primeiro volume da trilogia que vai falar de conspirações e a chave para a eternidade e envolverá um assassino em série. Tudo gira em torno de Kate e sua experiência com viagem no tempo, já que ela descobre que sua avó é uma historiada que nasceu séculos à frente, mas que ficou presa no presente. “Neste primeiro volume, o leitor é transportado para a Exposição Universal de 1893, em Chicago, quando a Roda Gigante foi apresentada pela primeira vez e o serial killer H. H. Holmes dirigia um hotel construído especialmente para receber os visitantes da feira (e sumir com seus corpos)”.

E aí, ansiosos? Tem muitos outros lançamentos por aí! Não percam as datas e comentem o que vocês esperam dessas estreias de novembro. See ya!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s