Resenha: A Garota dos Olhos Azuis – Karin Slaughter

Olaaaa meus súditos, como estão vocês?

Sei que ultimamente tenho postado, na maioria das vezes, meus textos mais poéticos e sensíveis pra vocês, e tenho reparado o quanto vocês tem gostado e eu fico imensamente feliz por todo esse carinho.

Mas como faz muito tempo que não trago livros para vocês, conteúdo em forma de resenhas, então resolvi aproveitar um tempinho livre (de muito tempo ocupado) para trazer news a vocês.

E o que trago é uma resenha do e-book A Garota dos Olhos Azuis da autora Karin Slaughter.

01

Sinopse: Uma linda garota caminha pela rua quando, de repente…
Julia Carroll sabe que muitas histórias começam assim. Bonita, inteligente, dezenove anos e recém-chegada à faculdade, ela deve tomar cuidado. Mas, mesmo com todo cuidado, ainda está apavorada, porque várias meninas estão desaparecendo.
Uma colega sua, Beatrice Oliver, desapareceu. Assim como uma moradora de rua chamada Mona-Sem-Nome. As duas sumiram no meio da rua, sem deixar vestígios.
Julia não quer ser a próxima… Sua única saída é descobrir as razões por trás desses mistérios.
A garota dos olhos azuis é um emocionante e inesquecível prequel do best-seller da autora Karin Slaughter, Flores partidas.

Para quem se interessou pela sinopse, vale destacar que o e-book deste livro está gratuito na Amazon. Inclusive, por isso, que eu o li hahaha. Acesse clicando AQUI e adquira.

02

Muito bem, agora falando um pouco sobre o meu ponto de vista sobre o livro. Primeiramente achei uma leitura super rápida, li esse livro em 3 dias, mas o li muito devagar por que esses três dias foram três dias de um mês. Como eu disse, meu tempo estava bem curto para uma dedicação maior a leitura e ao blog.

Mas, gostei do tanto que eu li, a Julia Carrol, personagem principal de toda trama, é uma personagem que eu achei meio perdida, ela conta um pouco sobre ela, sobre o que ela quer e pouquíssimas vezes vemos essa personagem emponderada, o que eu acredito que deve melhorar no próximo volume da história.

Mas o que me chama mesmo a atenção desse livro são alguns trechos dele que expressam o feminismo de uma forma clara e sutil, e isso me deixou feliz, pois precisamos disso no nosso mundo, e detalhe, a história se passa na época do primeiro celular hahaha acredito que até antes disso, o que da a noção de que o feminismo, violência contra a mulher, abusos sexuais já eram assuntos abordados antes da nossa geração ridiculamente chamada de mimimi, pelo menos nos Estados Unidos, onde a história de passa. Achei isso incrível, inclusive por que lembra grandes movimentos dessa época no país norte americano.

“Como uma mulher poderia falar sobre algo terrível que havia acontecido com ela se ela não podia nem mesmo chama-lo pelo nome real?
Essa era a história. Um crime sem nome. Vítimas sem voz.”

Outra coisa que vi nesse livro, mas como um ponto negativo é que a personagem Julia ela tem pensamentos muito fortes que não são trabalhados na trama, ela não expressa os seus pensamentos, o que da a entender que ela é uma adolescente tosca, embora tenha dezenove anos e tenha ideia do que ela quer. Não acho ela uma personagem lutadora, mas de qualquer forma ela me inspirou a continuar lendo pelas suas atitudes de querer falar sobre esses assuntos que abalam a sociedade, então eu tenho fé no crescimento da personagem e acho que algumas coisas cruéis que aconteceram com ela na história também a fará seguir por este caminho. Acho que a Julia é uma prova viva do assédio que as mulheres sofrem diariamente, sendo na rua, no trabalho, na escola, agressões verbais, desvalorização, dentre outras coisas que ferem o nosso respeito e a nossa moral, e a personagem mostra isso de cara, da pra perceber, e isso pode enraivecer a maioria dos leitores por que são nesses casos que ela se encontra impotente diante do problema. E quantas vezes nos encontramos impotentes também? Quando alguém mexe com a gente na rua e temos que ficar caladas por que podemos ser agredidas? Vale pensar e acho que A Garota dos Olhos Azuis traz essa reflexão, esse sentimento de que todas nós já passamos por algo parecido.

Então, esse é sim um livro que eu recomendo, a trama dele é um pouco forte, embora ele não aborde o tema de forma pesada, acho que o foco dele, além desse de mostrar o cotidiano feminino, também tem muito a ver com o mistério das garotas desaparecidas, que Julia tenta a todo custo trabalhar, investigar e falar sobre isso.

Se você puder ler, se interessou, eu super recomendo. E me fala aí, o que você achou da resenha, se você já leu esse livro, o que achou dele. Conta pra gente!

Espero que tenham gostado!!

Hugs and Kisses

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s