Os 54 anos do Golpe Militar de 1964

Golpe de 64

Você sabia que hoje, dia 31 de março, o Golpe Militar de 1964 completa 54 anos? Uma série de eventos nesse dia em 64 levou ao golpe de estado e ao período da história do Brasil conhecido como ditadura militar. E para relembrar esse momento histórico para o Brasil e para você conhecer melhor parte da história do país, separamos algumas dicas de livros que recontam esse período histórico.

1964 – História do Regime Militar Brasileiro, de Marcos Napolitano

O primeiro livro das nossas dicas é do historiador da USP (Universidade de São Paulo), Marcos Napolitano. O livro foi lançado em 2014, 50 anos depois do Golpe Militar. Nele, Napolitano foca nas principais questões que envolveram os anos de ditatura, desde como ela durou por tanto tempo, os protagonistas desse período e, claro, o dia a dia da sociedade durante o regime. Nessa síntese, Napolitano também aborda questões culturais da época, a tortura e os desaparecimentos, além dos bastidores políticos do regime.

Além do Golpe, de Carlos Fico

Depois de pesquisas e estudos, o historiador Carlos Fico reuniu em 392 páginas, 75 textos e documentos históricos que recontam esse momento histórico para o Brasil. Ele os analisa de forma crítica, mas o autor preocupou-se não apenas em fornecer esses documentos para possível pesquisa bibliográfica, mas também em trazer contrapontos e discordâncias quanto a certos fatos do regime militar, separando o que é mito e o que é estereótipo.

1968: O Ano Que Não Terminou, de Zuenir Ventura

Considerada uma das obras mais importantes do jornalista Zuenir Ventura, 1968: O Ano que Não Terminou fala de um ano específico durante o regime miliar conhecido pelas manifestações estudantis contra o novo regime. Ventura conta desde criação do AI-5, que iniciou um dos períodos mais cruéis do regime militar: a censura, o exílio e os assassinatos. Esse é um relato de um dos anos mais importantes do regime.

A Ditadura e o Os Golpes dentro do Golpe: 1964-1969, de Carlos Chagas

As tramas internas dentro do regime militar e o que Carlos Chagas considera como os golpes dos militares contra os próprios militares é o que embasa esse livro. O jornalista conta em detalhes todos esses momentos entre os anos de 64 e 69 a partir dos relatos jornalísticos da época, retratando também os bastidores dos jornais. Na época, Chagas era repórter do “O Globo”.

📰📰📰

Bom, essas foram as nossas dicas de livros sobre o Golpe Militar de 1964. Sabemos que há muitos outros livros que contam com tantos detalhes quanto esses que indicamos e se você conhecer algum outro, não deixe de comentar com a gente! Até a próxima!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s