Quando alguém fica para trás, as perguntas nunca são esquecidas

Deixada Para Trás

A resenha da vez é um suspense de tirar o fôlego, o livro Deixada Para Trás, de Charlie Donlea. Então, embarque logo para não ficar pra trás (trocadilho ruim) e confira nossa resenha!

Nicole e Megan tiveram uma curta amizade durante a infância, mas tudo muda quando ambas chegam ao colegial. Cada uma escolhe o grupo de amigos com quem tem afinidade e elas nunca mais tornam a serem amigas novamente. Nicole está sempre querendo chamar a atenção, enquanto Megan é a filhinha certinha do Sheriff do condado de Emerson Bay. Entre ambas sempre acaba rolando algumas alfinetadas, o que não passa disso, e uma começa a nutrir rancor pela outra. Durante uma festa na praia de encerramento do colegial, Nicole e Megan desaparecem sem deixar pistas.

“Antes que Nicole pudesse reagir, um saco de algodão cobriu sua cabeça”.

Megan consegue fugir de seu cativeiro. Nicole, porém, continua desaparecida. Após um ano, Megan escreve um livro chamado “Desaparecida”, revelando detalhes sobre sua vida antes do sequestro, durante o sequestro, como era estar em cárcere, e após o sequestro, revelando os seus planos para o futuro. O livro rapidamente se transforma num best-seller, afinal, todos querem conhecer a história de Megan no cativeiro, afinal, ela sobreviveu.

“Porque, afinal, um ano se passara, e, sem dúvida, esse espaço de tempo era o suficiente para cicatrizar as feridas”.

Lívia surge na trama, a irmã mais velha de Nicole, ela é uma médica-legista que está fazendo especialização em patologia forense, uma área de escolha específica, já que Lívia espera algum dia receber o corpo sem vida da irmã, e através dele descobrir o que aconteceu com ela. Lívia se culpa pelo desaparecimento da irmã, pois na noite em que desapareceu, Nicole havia ligado para ela, porém, Lívia jamais atenderá aquela ligação, e esta culpa vem corroendo Lívia. Até que, então, é levado até sua mesa de autópsia o corpo de um homem morto, que tem muita coisa a revelar, e Lívia, obcecada em descobrir o que aconteceu com sua irmã, vai reunir todo o seu conhecimento para desvendar este mistério.

“Naquela noite, Lívia ficou segurando o celular enquanto ele tocava, mas decidiu não atender”.

Lívia se transforma numa verdadeira detetive, enquanto busca por respostas sobre o desaparecimento da irmã. Já Megan, se mostra alguém diferente da garota antes do sequestro, e alguém totalmente diferente da personagem que ela criará para si ao escrever o livro. E quando ambas se juntam para desvendar o que aconteceu com Nicole, muitas surpresas surgem para deixar o leitor com sede por respostas.

O livro te prende do início ao fim. Donlea, assim como em “A garota do lago” (que tem resenha aqui), prega algumas peças para desviar nossa atenção do verdadeiro culpado. O livro é engenhoso, uma verdadeira obra prima, que tira o nosso fôlego até o último instante.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s