Nossas Leituras de Setembro!!!

LEITURAS DA NINI

Olá meus queridos leitores, como estão a leitura de vocês?

Bom, primeiramente esse mês eu não tive muitas, minhas leituras foram meio lentas, mas por que esse mês foi meio corrido pra mim e não conseguir ler mais do que gostaria. O importante é que eu li e não abandonei nenhuma leitura ❤

leituras de setembro

1 – Opala (Jennifer L. Armentrout): Essa foi a minha primeira leitura desse mês, foi bem preguiçosa e confesso que até certa parte dele eu já sabia da história e estava relendo, mas a partir disso a leitura começou a ficar misteriosa e o final me surpreendeu em um nível que eu fiquei chocada e não esperava que acontecesse. Depois resolvi dar um tempo na Saga LUX por que fiquei com medo da leitura continuar arrastada nos próximos livros. Acho que foi meio cansativo ler esse e os anteriores, pois justamente se tratava de uma releitura mesmo.

2 – As Garotas (Emma Cline): Esse foi o meu desastre literário de setembro. Já queria ler esse livro há um boooom tempo e nunca tive coragem por que as resenhas dele sempre diziam que era uma história pesada que envolvia abuso sexual. De certa forma sim, mas nada que tivesse me chocado ou fosse violento demais, por que não era, essa parte era feita de um convencimento psicológico às vítimas, ou seja, as faziam pensar que aquilo era legal e não ruim. Porém achei a leitura lenta, a história arrastada e, embora a autora fosse bem descritiva, as mudanças de cenário, de narrativa da Evie, nossa protagonista, eram feitas de uma forma confusa que às vezes tinha que retomar pra entender. Então, eu detestei esse livro e é só o que posso dizer antes da resenha dele.

3 – Menina Má (William March): Já em Menina Má a leitura foi doce, suave e cheia de mistério. Esse é o livro que quando eu peguei nele para ler eu já sabia que ia amar a leitura e foi exatamente assim, porém com um final que eu detestei e que eu achei que, foi imprevisível, o que é um ponto positivo, mas que o que deveria ser a cereja do bolo estragou o bolo todo e me deu uma certa decepção.

4 – A Construção de Noah Shaw (Michelle Hodkin): E para finalizar, essa é uma leitura que ainda nem cheguei na metade e faz dias que comecei a ler, mas que parece que não tem me cativado tanto quanto a série Mara Dyer, não sei se por ser o ponto de vista de Noah ou por que as coisas não começaram quentes como em A Desconstrução de Mara Dyer, também não sei se por que estou com medo de me entregar a leitura e por isso quero degustá-la até terminar, mas não é uma leitura que tem me prendido 100%, não é o que eu esperava, mas sinceramente nem sei o que esperava também. Só me resta descobrir!!

LEITURAS DO DOUG

WhatsApp Image 2018-09-29 at 17.27.24

Bom, olá pra quem leu as leituras do mês da Steph, agora é minha vez haha. Infelizmente, não foram muitas leituras neste mês. Com a correria do trabalho e o cansaço, fica difícil ter muito tempo pra ler. Mas a gente faz o possível, certo? Então, vamos lá.

Começando por um livro que, de certa forma, não é meu favorito. “O Reino da Fala”, de Tom Wolfe. Acho que demorei muito para ler, ainda que o livro seja de poucas páginas. Mas isso se deve ao fato da leitura cansativa, em minha opinião, que o livro possui. O autor inicia o texto falando sobre Darwin e achei essa “introdução” meio cansativa. Ainda assim, eu não conhecia com detalhes essa história e ler a respeito da “fala” e da “linguagem” foi muito interessante. Então, valeu a leitura.

Na sequência, li “Uma Casa no Fundo de Um Lago”, de Josh Malerman. Um livro “surpresa”, pois fiquei sabendo que ele seria lançado aqui no Brasil poucos dias antes do lançamento em si. Posso dizer que o livro tem todos os elementos que consagraram Malerman como um dos meus autores favoritos e, na minha opinião, um dos melhores do gênero suspense. Pretendo escrever uma resenha dessa obra, então, fiquem ligados.

Depois foi a vez de “O Homem de Giz”, de C.J. Tudor. Um livro que eu estava muito ansioso para ler e o adquiri na Bienal do Livro. Não queria criar muita expectativa só porque estava todo mundo falando sobre ele. No fim, foi uma grata surpresa, ainda que em alguns momentos a história me lembrasse muito a trama de “It – A Coisa”, do mestre Stephen King. Isso não é uma crítica, pois achei o livro maravilhoso, os dois, aliás. Então, se vocês já leram também, me digam o que acharam, se concordam ou discordam de mim.

A minha última leitura do mês foi “O Conto da Aia”, de Margaret Atwood. Uma história sensacional, sem sombras de dúvida. Eu queria há muito ler essa obra e queria fazê-lo antes de assistir à série (The Handmaid’s Tale), pois queria conhecer a história original antes de ver essa adaptação. Agora, mal posso esperar para assisti-la. Essa obra também ganhará uma resenha em nosso blog logo, logo. Fiquem ligados.

Então… foram essas minhas leituras do mês. Como eu disse, foram poucas, mas valeu muito a pena, até porque, são leituras de peso, certo? Só para registrar, eu iniciei neste mês (ontem) a leitura do “A Escolha dos Três”, segundo volume da série “A Torre Negra” do, novamente, mestre Stephen King. Na verdade, li o primeiro livro há dois anos e finalmente criei coragem para continuar. Esse ano termino a série hahaha espero que tenham gostado das minhas leituras e… até a próxima!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s