Resenha: A Elite – Kiera Cass

CAPA-A-Elite

 

A Elite é o segundo volume da trilogia A Seleção.

Desta vez temos America Singer como uma das seis integrantes da Elite, agora que todas do grupo foram embora ou mandadas embora pelo príncipe Maxon e ela se vê numa grande dificuldade em decidir o que fazer da sua vida: se deve ficar e lutar pela coroa ou ir embora pra casa como uma número três e se casar com Aspen, seu ex namorado que se tornou soldado do rei.

ALERTA DE SPOILER

Bem, o que penso deste livro a partir daqui é que fiquei enjoada de ler a mesma confusão de America sobre quem escolher em quase todas as páginas até o final. Sua dúvida era nada mais, nada menos do que se seria uma boa princesa, se Maxon a amava mesmo que saísse com outras garotas ou as beijasse, que era algo que ela temia e deu para perceber que o livro todo ela andou na corda bamba entre Aspen e o príncipe.

Mas o que penso verdadeiramente é que não gosto de Maxon, que se ele a amasse de verdade não beijaria outras garotas, sairia sim com elas, mas sabendo de seus sentimentos por America nunca tentaria nada com outra garota, o que aconteceu com a personagem Celeste no livro, a mais odiada. Pode ser que eu esteja errada por eu ser assim, achar que isso é uma grande traição a si próprio e talvez por conta disso eu não goste muito das atitudes de Maxon. O que me leva a Aspen, gosto dele, talvez não da forma como ele tratou America no começo de A Seleção, mas gosto dele e da forma como ele luta por ela, como ele a ama e como ele a conforta com muito pouco em momentos que ele não imagina, mas que ela precisa dele, mesmo sabendo que já no final da trilogia ela irá se casar com o príncipe (quem que não pensou nisso? é tão óbvio mesmo sem ler rsrsrsrs). Mas o que me interessa mesmo em Aspen não é que ele não tenha nada, mas ele tem um coração grande e eles construíram uma relação doce em segredo por tempos, até imagino que America tenha dificuldade, pois talvez na verdade ela quer ter uma história com outra pessoa, ter um pouco mais de experiência, saber o que é amar outra pessoa.

Enfim, tantos acontecimentos que deixaram America arrasada, inclusive sua amiga Marlee que foi castigada em rede nacional por amar outro homem e ser flagrada com ele. O que me faz pensar que esse livro pode ser também bem arcaico se tratando de reis e rainhas em sabe-se lá que época.

America também deu uma boa aprontada no final do livro falando em acabar com o sistema de castas em um projeto filantropo que toda rainha deve ter em mente para um dia poder aplicar em seu reinado. A ideia deixou o rei Clarkson extremamente furioso e se não posse por Maxon, America teria ido embora, e ainda assim fora intimidada nas ultimas páginas pelo rei.

E aí o livro acaba para dar começo ao próximo e vamos esperar pelo melhor, eu na verdade achava que ela devesse mesmo ir embora e Maxon pusesse fim a seleção das garotas e corresse atrás dela na sua casa, o que não aconteceu, ou então pude até imaginar um final em que ela ficaria pra sempre com Aspen, me agarrei a essa fútil esperança, visto que no final ela decidiu que se empenharia em fazer Maxon Schreave feliz.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s