Resenha: Harry Potter e a Câmara Secreta – J.K. Rowling

20190217_201000

Olá pessoal! Depois da resenha do primeiro livro dessa série maravilhosa, chegou o dia de vocês saberem um pouco do que eu achei do livro “Harry Potter e a Câmara Secreta”, de J.K. Rowling. Posso adiantar que esse livro me encantou tanto quanto o primeiro, e olha que nunca fui o maior fã do segundo filme – mas no livro, a coisa é diferente. Como disse na outra resenha, não gosto muito de fazer comparações, mas é praticamente impossível? Enfim, vamos lá.

Bom, o livro é uma continuação, obviamente, do primeiro volume e começa praticamente após os acontecimentos da Pedra Filosofal. Harry está de férias, ansioso para retornar a Hogwarts para seu segundo ano letivo. O problema é que certas pessoas, ou certos elfos domésticos, não querem que isso aconteça. Estamos falando, é claro, de Dobby, que aparece num dia bastante importante para os tios de Harry, os Dursley. O motivo de ele aparecer às vésperas de Harry voltar para a escola é alertá-lo de que ele não deve fazer isso, pois pode ser realmente perigoso pra ele.

Não vou narrar a história do início ao fim, é claro. Mas vamos ponto por ponto. Primeiro, os Dursley. Que tios horríveis para se ter, certo? Acho que, no livro, as coisas ganham uma perspectiva muito maior daquela apresentada no filme, principalmente quanto ao tratamento dos tios com Harry. Eles são pessoas desprezíveis, e, mesmo sendo um pouco compreensível essa aversão que têm do mundo mágico, é um retrato da realidade, quanto ao tratamento das pessoas que se acham superiores/melhores que outros que, por alguma razão, são diferentes. Sempre pensei nessa ligação como algo muito forte e presente nessa história, mesmo nos filmes.

Acho que o livro nos coloca muito dentro da história. Sempre falei aqui que sou apaixonado por livros que fazem isso, que nos colocam na história juntos dos personagens, dos cenários, das tramas em si. E isso não é tão característicos dos filmes, por exemplo, já que eles precisam deixar a história mais enxuta. Ainda assim, confesso que achei o filme bastante fiel ao livro, ainda que certos detalhes tenham sido cortados, como a briga do sr. Weasley com o sr. Malfoy. São certos detalhes que fazem muita diferença e eu, como fã dessa história, fiquei ainda mais fascinado por ela.

Uma coisa que eu queria falar e deixar em destaque aqui é a relação do trio, Harry, Hermione e Rony, com Hagrid. Claro que é só o começo da relação deles, mas nesse livro é bem perceptível que será uma grande relação de amizade e companheirismo. E pelos filmes, isso talvez não é tão profundo, ainda que implícito. Ah, e claro, as brigas entre Hermione e Rony – ainda não tão características, mas desde o início, muita implicância entre eles já indicando a proximidade dos dois.

Enfim, para concluir. Acho que esse livro nos apresenta novas coisas sobre o mundo da magia, ainda que não tantas a respeito do próprio Harry, mas do passado de Voldemort, como Tom Riddle, e da própria Hogwarts. Tudo isso, é claro, vai impactar no futuro da história… Para mim, nesse livro, a história começou a transitar de uma história apenas infantojuvenil para algo mais profundo. Mas ainda há tempo para diversão, para o conhecimento, para as aventuras de um quase adolescente.

Nem preciso dizer que sou apaixonado pela narrativa de J.K. Rowling. Foi como eu disse antes, é aquele talento de nos fazer presente na história, de nos colocar vivendo e sentindo aquilo que os personagens sentem.  Quando li esse livro, só fiquei mais ansioso para ler o próximo e daí em diante. Não são todos os autores que conseguem essa proeza. De qualquer maneira, se não disse antes, digo agora: se você ainda não se deu uma chance de ler essas histórias, talvez seja a hora. Eu demorei bastante e, ao passo que me odeio por isso, fico feliz por finalmente o ter feito.

Espero que tenham gostado dessa resenha! Desejo a vocês uma ótima leitura e espero o comentário de vocês me contando a visão de vocês dessa história e o que acharam da resenha. Até a próxima!

Ficha técnica

Harry Potter e a Câmara Secreta

Autor: J.K. Rowling

Editora: Rocco

Ano: 2015 (edição) | 1998 (original)

252 páginas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s