Unboxing Intrínsecos #12 – Setembro

20190905_142723

Olá pessoal! Tudo certo? Como já virou tradição, hoje trago para vocês o unboxing da caixa de setembro (#12) do Intrínsecos, o clube de assinatura de livros da Intrínseca. Estou um pouco atrasado, inclusive com a resenha do livro de agosto, mas aqui estamos. A resenha deve chegar ainda nesta semana também. Enfim, aproveitem a leitura e, não se esqueçam, daqui em diante há spoilers dessa caixinha comemorativa de um ano do clube, ok?

O que vem na caixa?

Como disse acima, essa é a caixa de número 12, isso significa que é a caixa de um ano desse clube, do qual eu faço parte desde janeiro deste ano, mas que teve sua primeira caixinha em outubro de 2018. A editora já vinha anunciado que essa seria uma caixa especial e, de fato, eles fizeram assim. Desde a escolha dos livros (sim, livros!), até a revista e o brinde que acompanha (apesar de achar que poderia ser melhor, mas ok, minha opinião apenas). Mas, vamos ao que interessa.

20190909_174752

O livro de setembro é de ninguém menos que Jojo Moyes, chamado “Um Caminho para a Liberdade”. Mas ele não é um livro surpresa. A Intrínseca decidiu contar que este seria o livro de setembro e, para “compensar” a não-surpresa, eles nos presentearam com um livro surpresa de Heike Faller e Valerio Vidali: “Cem – O que aprendemos na vida”. Um livro diferente do que costumamos ler ou ter (e que me lembra muito “Eu me chamo Antônio”. Bem, confesso que o livro surpresa me encantou de primeira. O de Jojo Moyes, que ainda não comecei a ler, me parece ótimo também. Mas eu nunca li nada dela, e essa é a oportunidade que o Intrínsecos me deu de fazer isso. Então, fica a expectativa (a sinopse pode ser lida abaixo).

20190909_174958

A revista 012 também é especial de um ano, é claro. Tem muito conteúdo interessante, artigos relacionados à obra e à mensagem que ela traz, artigos, entrevistas, miniguia etc. É perceptível que as revistas ficaram cada vez melhores ao longo de 12 edições. Sempre com novos conteúdos, diferentes, interessantes. Enfim, é sensacional. Claro que também temos marcador de páginas e o cartão-postal, ambos com a arte do livro do mês, da Jojo. Ah, e temos a playlist do Spotify perfeita para a leitura dessa obra.

20190909_174821Sobre o brinde. Acho que toda a caixa poderia ser considerada um brinde, em si. O livro surpresa, por exemplo, considero como um brinde (lindo, por sinal). Mas o mimo, de verdade, são os marcadores em formato de ímãs (o termo correto, até onde sei, é marcador magnético). De fato, é uma forma diferente de marcamos onde paramos a leitura. Pode ser simples, mas eu gostei muito, levando em conta todo o conteúdo da caixa e que recebemos um livro a mais!

E acho que é isso, galera. Uma caixa incrível, na minha visão, quero logo começar a leitura de ambos os livros e conhecer a escrita de Jojo Moyes, ainda mais em uma história que tem tudo a ver com livros. Espero que tenham gostado desse unboxing e dessa caixa. Até a próxima!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s